Procurar

HORÁRIOS: de quinta a sábado, de 12h às 20h e domingo, de 10h às 18h.

Notícias

Aula aberta com Eleonora Fabião e Festival AfroCearensidades integram programação

Foto: Marília Camelo/ Pinacoteca do Ceará

Museu segue ainda com exposições gratuitas e atividades para crianças no fim de semana.

A programação semanal da Pinacoteca do Ceará – museu que integra a Rede de Equipamentos e Espaços Culturais da Secretaria da Cultura do Ceará (SECULT CE) e é gerido em parceria com o Instituto Mirante – é formada pelo “Percursos Entrelaçados: Bandeira Autobiográfico” na quinta-feira (16), assim como uma edição sobre “Identidades Cearenses” no sábado (18). Além disso, o equipamento cultural promove, também no sábado, a aula aberta “Coisas que precisam ser feitas”, com Eleonora Fabião. O domingo (19) é dedicado às atividades infantis com a formação “Bonitinho pra Chover: Encontrando Exus”, das 10h às 11h, e “Uma História no Museu – Antonio Bandeira”, das 15h às 16h. Toda a programação, com exceção da aula “Coisas que precisam ser feitas”, integra o Festival AfroCearensidades.

Quem somos? Como nos vemos? Que coisas nos compõem? Esses são alguns dos questionamentos lançados no “Percursos Entrelaçados: Bandeira Autobiográfico”, que ocorre na quinta-feira (16), das 16h às 17h. A atividade propõe uma roda de conversa sobre histórias de vida  e auto-representações identitárias a partir de elementos autobiográficos nas pinturas, desenhos e poesias presentes na exposição Amar se Aprende Amando, do artista  Antonio Bandeira. O percurso tem mediação de Renata Damasceno e Amanda Oliveira. A classificação indicativa é livre.

No sábado (18), das 16h às 17h, há mais uma edição do Percursos Entrelaçados, mas com o tema “Identidades Cearenses”. O objetivo é facilitar a mediação a partir de obras que suscitam questões culturais sobre a pluralidade de construções identitárias no território cearense. Além disso, o encontro propõe uma investigação com foco nas afrocearensidades, assim como na branquitude e no papel das pessoas brancas na luta antirracista. A atividade tem classificação indicativa livre, possui acessibilidade em Libras e será mediada por Andrea Dalveroni e Renata Damasceno.

Ainda no sábado, a partir das 17h, a Pinacoteca do Ceará recebe a professora e pesquisadora Eleonora Fabião para a aula aberta “Coisas que precisam ser feitas”. O encontro integra as atividades do II Ateliê de Pesquisa e Crítica e busca refletir sobre o processo de “cena-em-expansão”. O objetivo é ampliar o que diz respeito não apenas à absorção de qualquer matéria do mundo em processos de criação artística, mas à experimentação com a própria noção de arte e a instauração de modos de vida. Além disso, a atividade terá acessibilidade em Libras. Confira mais informações AQUI.  

No domingo (19), as  crianças são convidadas para a ação “Bonitinho pra Chover: Encontrando Exus”, das 10h às 11h. A proposta é, por meio de um mapa, promover o encontro com as múltiplas manifestações de Exu dentro das exposições da Mostra Bonito Pra Chover. Assim, o projeto se empenha em abrir novos e enriquecedores caminhos para promover o diálogo e a compreensão sobre a entidade Exu. A visita é indicada para crianças de 4 a 6 anos de idade. A mediação é de Liza Maria e Gi Monteiro.

Também no domingo, das 15h às 16h, a Pinacoteca promove a atividade lúdica “Uma História no Museu: Antonio Bandeira”. O objetivo é fazer uso da contação de histórias como artifício de partilha de narrativas. Nesta edição, a proposta é, por meio de um teatro de sombras, contar a história do artista Antonio Bandeira. A classificação indicativa é livre e recomendada para crianças de 4 a 6 anos. A atividade tem início às 15h e mediação de Amanda Oliveira e Mateus Araujo.

SOBRE O FESTIVAL AFROCEARENSIDADES

O Governo do Ceará lança o “Festival AfroCearensidades – Reconhecimento e Preservação da História e Cultura Negra do Ceará” em celebração ao mês da Consciência Negra, por meio da Secretaria da Igualdade Racial (Seir) em parceria com a Secretaria da Cultura (Secult). O Festival traz ampla programação distribuída entre equipamentos culturais do Estado, com mais de 100 atividades voltadas à fruição, difusão, formação, cidadania e defesa de direitos, com foco na representatividade negra cearense.

SOBRE A PINACOTECA

Inaugurada em dezembro de 2022, a Pinacoteca do Ceará tem a missão de salvaguardar, preservar, pesquisar e difundir a coleção de arte do Governo do Estado, sendo espaço de ações formativas com artistas, comunidade escolar, famílias, movimentos sociais, organizações não-governamentais e demais profissionais do campo das artes e da cultura. Trata-se de um espaço de experimentação, pesquisa e reflexão para promover o diálogo entre arte e educação a partir de práticas artísticas. 

SERVIÇO

O que: Programação da Pinacoteca do Ceará – 16 a 19 de novembro

> Quinta, 16.11 

16h às 17h

Percursos Entrelaçados: Bandeira Autobiográfico

Mediação: Renata Damasceno e Amanda Oliveira

Onde: Exposição Amar se Aprende Amando

Classificação indicativa: livre

> Sábado, 18.11

16h às 17h

Percursos Entrelaçados: Identidades Cearenses

Mediação: Andrea Dalveroni e Renata Damasceno

Onde: Pinacoteca do Ceará – Exposição Se Arar

Classificação indicativa: livre

Acessível em Libras

> Sábado, 18.11

17h 

Aula aberta: “Coisas que precisam ser feitas”

Onde: Pinacoteca do Ceará – Auditório

Classificação indicativa: livre

Acessível em Libras

> Domingo, 19.11

10h às 11h 

Bonitinho pra Chover: Encontrando Exus

Mediação: Liza Maria e Gi Monteiro

Onde: Mostra Bonito Pra Chover

Classificação indicativa: livre

Para crianças de 4 a 6 anos

> Domingo, 19.11

15h às 16h 

Uma História no Museu – Antonio Bandeira

Mediação: Amanda Oliveira e Mateus Araujo

Onde: Exposição Amar se Aprende Amando

Classificação indicativa: livre

Para crianças de 4 a 6 anos

 

> Todas as atividades são gratuitas. 

> A programação infantil requer sempre o acompanhamento de um adulto responsável por cada criança. 

> A Pinacoteca do Ceará dispõe dos seguintes recursos de acessibilidade: audiodescrição, abafadores de ruídos, videoguias em Libras, cadeira de rodas, intérpretes de Libras e peças táteis 

 

Exposições em cartaz:

Mostra “Bonito Pra Chover”: “Se Arar”, “No Lápis da Vida Não Tem Borracha” e “Amar se Aprende Amando” – até dezembro de 2023

Visitas de quinta a sábado, das 12h às 20h, e domingos, de 10h às 18h.  

OUTRAS NOTÍCIAS

Pular para o conteúdo