Procurar

HORÁRIOS: de quinta a sábado, de 12h às 20h e domingo, de 9h às 17h.

Notícias

II Festival Dá Teu Nome e atividades formativas são destaque na programação da Pinacoteca

A programação também conta com atividades infantis e visitas mediadas na exposição “Leonilson e Das amizades”

Na segunda semana das férias, de 11 a 14 de janeiro, a Pinacoteca do Ceará – museu da Rede de Equipamentos e Espaços Culturais da Secretaria da Cultura do Ceará (SECULT CE) gerido em parceria com o Instituto Mirante – oferece visitas mediadas, atividades lúdicas para o público infantil e ações formativas. Além disso, no Mês da Visibilidade Trans, o equipamento cultural sedia parte das ações do II Festival Dá Teu Nome!.

Na quinta-feira (11), Wallison Azevedo, Bárbara Abril e Beatriz Gurgel conduzem o “Percursos Entrelaçados: Borda o teu”, das 16h às 17h. A visita tem o objetivo de unir mediação e prática, num espaço de partilha e experimentação do bordado, ao mesmo tempo em que dialoga sobre vida, arte, artistas e suas criações. A atividade ocorre na exposição “Leonilson: Montanhas protetoras e ao longe, vulcões, rios, furacões, mares, abismos e Das amizades” e não requer inscrição prévia.

ATIVIDADES DO II FESTIVAL DÁ TEU NOME!

Capa do livreto de Jupyra Carvalho, que será lançado nesta quinta-feira (11), no II Festival Dá Teu Nome.
Também na quinta-feira (11), a Pinacoteca sedia parte das atividades do II Festival Dá Teu Nome!, uma ação do programa Dá Teu Nome, realizado pela NUPA – Núcleo de Políticas Afirmativas do Instituto Mirante. A atividade conta com a parceria da Secretaria da Diversidade do Ceará (SEDIV) e da  Secult. Passeando por ações de difusão, acesso e permanência voltadas para a comunidade LGBTQIAPN+, o programa lança um olhar especial para as pessoas trans, travestis e não-bináries.
Jupyra Carvalho lança o livreto e debate com Beija Aragão as temáticas trazidas pela publicação. A mediação será de Jô Costa.

No museu, a programação ocorre no auditório, iniciando com um pocket show do cantor cearense Otto, às 16h, seguido do lançamento do livreto  “Afluentes para corpos Trans: para a passagem e permanência de ações afirmativas de gênero”, da artista trans Jupyra Carvalho, que atua como audiodescritora, atriz e produtora na Pinacoteca do Ceará. A atividade inicia às 16h30 e terá mediação de Jô Costa. 

Logo em seguida, às 17h, a mesa temática “Afluentes para corpos Trans: Vazões para um mundo porvir” encerra o dia com um debate entre Jupyra Carvalho e o artista visual, produtor audiovisual e ilustrador do livro, Beija Aragão, também com mediação de Jô Costa.
A entrada no auditório está sujeita à capacidade do espaço.

FIM DE SEMANA NO MUSEU

O sábado (13) começa com a Visita Educativa em Libras “Linhas e gestos do Leonilson”, das 16h às 17h. A atividade propõe uma investigação sensível das obras da exposição “Leonilson e Das amizades”, buscando evidenciar os gestos, linhas, técnicas e temporalidades poéticas do artista. O percurso tem classificação indicativa livre e será interpretado em Libras pelo educador surdo Weverson Martins.

A programação segue no domingo (14) com o Ateliê Criança Cria “O pequeno caderno de impressões”, em duas edições. Pela manhã, a atividade ocorre de 10h às 11h, já durante a tarde vai de 15h às 16h. A ação visa explorar a construção de zines, promovendo a expressão artística e narrativa por meio da combinação de imagens e texto, após a visita à exposição de Leonilson. Com mediação de Gi Monteiro e Janaína Bento, a atividade é voltada para crianças a partir de 5 anos.

SOBRE A PINACOTECA DO CEARÁ

Inaugurada em 3 de dezembro de 2022, a Pinacoteca do Ceará tem a missão de salvaguardar, preservar, pesquisar e difundir a coleção de arte do Governo do Estado, sendo espaço de ações formativas com artistas, comunidade escolar, famílias, movimentos sociais, organizações não-governamentais e demais profissionais do campo das artes e da cultura. Trata-se de um espaço de experimentação, pesquisa e reflexão para promover o diálogo entre arte e educação a partir de práticas artísticas.

SERVIÇO

O que: Programação da Pinacoteca do Ceará – 11 a 14 de janeiro

> Quinta-feira, 11.1
16h às 17h
Percursos Entrelaçados: Borda o teu
Mediação: Wallison Azevedo, Bárbara Abril e Beatriz Gurgel
Onde: Exposição  “Leonilson: Montanhas protetoras e ao longe, vulcões, rios, furacões, mares, abismos e Das amizades”
Classificação indicativa: livre
Inscrições por ordem de chegada

> Quinta-feira, 11.1
16h às 18h30
II Festival Dá Teu Nome!
16h – Pocket show receptivo, com Otto (CE)
16h30 – Lançamento do livreto “Afluentes para corpos Trans: para a passagem e permanência de ações afirmativas de gênero”, de Jupyra Carvalho | Mediação: Jô Costa
17h – Mesa Temática “Afluentes para corpos Trans: Vazões para um mundo porvir”, com Jupyra Carvalho e Beija Aragão | Mediação: Jô Costa
Onde: Auditório da Pinacoteca do Ceará
Classificação indicativa: 14 anos
Acessível em Libras

> Sábado, 13.1
16h às 17h
Visita Educativa em Libras – Linhas e gestos de Leonilson
Mediação: Weverson Martins
Onde: Exposição “Leonilson: Montanhas protetoras e ao longe, vulcões, rios, furacões, mares, abismos e Das amizades”
Classificação indicativa: livre
Inscrições por ordem de chegada
Acessível em Libras

> Domingo, 14.1
10h às 11h | 15h às 16h
Ateliê Criança Cria – “O pequeno caderno de impressões”
Mediação: Gi Monteiro e Janaína Bento
Onde: Exposição Leonilson e das Amizades e Ateliê 1
Classificação Indicativa: crianças a partir de 5 anos

> Todas as atividades são gratuitas.
> As exposições têm classificação livre para todos os públicos. Obras que possam ser consideradas não recomendadas para crianças ou adolescentes estarão indicadas na sinalização do espaço.
> A programação infantil requer sempre o acompanhamento de um adulto responsável por cada criança.
> A Pinacoteca do Ceará dispõe dos seguintes recursos de acessibilidade: audiodescrição, abafadores de ruídos, videoguias em Libras, cadeira de rodas, intérpretes de Libras e peças táteis

Exposições em cartaz: 

Mostra “Bonito Pra Chover”: “Se Arar”, “No Lápis da Vida Não Tem Borracha” e “Amar se Aprende Amando” – até o primeiro trimestre de 2024.

Exposição “Leonilson: Montanhas protetoras e ao longe, vulcões, rios, furacões, mares, abismos e Das amizades” – até 26 de maio de 2024.

Visitas de quinta a sábado, das 12h às 20h, e domingos, de 10h às 18h.

 

Texto de Alessandro Fernandes, com supervisão e edição de Raphaelle Batista.

 

OUTRAS NOTÍCIAS

Pular para o conteúdo