Procurar

HORÁRIOS: de quinta a sábado, de 12h às 20h e domingo, de 10h às 18h.

Notícias

No Mês do Orgulho LGBT+, Pinacoteca realiza “Retomada Queer: Trânsitos entre Cinema e Artes Visuais”

Frame de "Morada Nova – Ato III” (2023), de Ingra Rabelo.

A atividade, que dá início ao projeto “Vista entre imagens”, acontece no sábado (24), às 17h, no auditório da Pinacoteca

A Pinacoteca do Ceará realiza, neste sábado (24), a primeira sessão do projeto “Vista entre imagens”, com a mostra “Retomada Queer: Trânsitos entre Cinema e Artes Visuais”. A atividade, que tem acesso gratuito, acontecerá no auditório, das 17h às 19h, e será seguida de um debate.

Realizados por pessoas da comunidade LGBT, os filmes da sessão exibirão os videoartes “Morada Nova- Ato III”, de Ingra Rabelo, e “Panteras”, de Breno Baptista. O debate após a exibição será mediado pelo pesquisador e curador Lucas Dilacerda.

As experimentações estéticas são construídas a partir das vivências dos artistas, fomentando o protagonismo de corpos dissidentes de gênero e sexualidade, com linguagens que deformam a estrutura fílmica convencional.

SOBRE OS VIDEOARTES

Frame do filme “Panteras” (2022), de Breno Baptista

“Morada Nova – Ato III” (2023) tem direção de Ingra Rabelo. A animação reflete sobre memória familiar, identidade e transição de gênero. O vídeo gif narra o momento de captura e fuga de um artista não binárie de seus assombros do passado. Abduzido e hackeado por uma energia digital, em outra realidade, elu remixa suas dores em melodias de forró, retornando às estradas do sertão central para assombrar seus entes presentes com sua nova forma.

“Panteras” (2022) tem direção de Breno Baptista. A ficção apresenta a linguagem do Cinema Queer Contemporâneo. O personagem Renan se despede de Elena e Verônica e parte rumo a um novo grande amor. Contudo, decide fugir ao perceber que está sendo devorado vivo, contando apenas com as amigas para salvá-lo da maldição que o persegue.

SOBRE OS DIRETORES

Ingra Rabelo é diretor e produtor de arte, artista visual formado pelo IFCE. Se movimenta em zonas de pesquisa que investigam corporificações, cultura digital e estratégias de guerrilha anti-coloniais, experimentando, atualmente, com linguagens do cinema de animação e arte digital.

Breno Baptista trabalha com realização, roteiro e assistência de direção para cinema e audiovisual. Seu trabalho mais recente é o média-metragem de horror e fantasia “Panteras”, que teve sua estreia em 2022 no 26º Queer Lisboa e participou da competitiva brasileira de Longas e Médias-metragens no 30º Festival Mix Brasil.

SOBRE A PINACOTECA

A Pinacoteca do Ceará é um museu que integra a Rede de Equipamentos e Espaços Culturais da Secretaria da Cultura do Ceará (Rece – SECULT CE). Inaugurada em dezembro de 2022, tem a missão de salvaguardar, preservar, pesquisar e difundir a coleção de arte do Governo do Estado, sendo espaço de ações formativas com artistas, comunidade escolar, famílias, movimentos sociais, organizações não-governamentais e demais profissionais do campo das artes e da cultura. Trata-se de um espaço de experimentação, pesquisa e reflexão para promover o diálogo entre arte e educação a partir de práticas artísticas.

SERVIÇO

O que: “Retomada Queer: Trânsitos entre Cinema e Artes Visuais”
Quando: Sábado, 24, às 17h
Onde: Auditório da Pinacoteca do Ceará (Rua 24 de maio, s/n, Centro)
Classificação indicativa: 16 anos
Gratuito

 

Texto de Dhara Amorim, sob supervisão de Raphaelle Batista. 

OUTRAS NOTÍCIAS

Pular para o conteúdo