Procurar

HORÁRIOS: de quinta a sábado, de 12h às 20h e domingo, de 10h às 18h.

Notícias

Nos últimos dias do ano, Pinacoteca do Ceará oferece visitas mediadas nas exposições

Foto de dois senhores observando obras do Leonilson na exposição "Leonilson e Das amizades"
Foto: Marília Camelo/ Pinacoteca do Ceará

As atividades ocorrem na quinta (28) e no sábado (30), com entrada gratuita e inscrições por ordem de chegada

Na última semana de dezembro, a Pinacoteca do Ceará finaliza as atividades da programação que celebra o aniversário de um ano do museu, que integra a Rede de Equipamentos e Espaços Culturais da Secretaria da Cultura do Ceará (SECULT CE) e é gerido em parceria com o Instituto Mirante. O período é reservado para as visitas mediadas às exposições em cartaz: a Mostra “Bonito pra chover”, que inclui as exposições “Se Arar”, “No lápis da vida não borracha” e “Amar se aprende amando”, além da recém-inaugurada “Leonilson: Montanhas protetoras e ao longe, vulcões, rios, furacões, mares, abismos e Das amizades”. 

De quinta-feira (28) a sábado (30), o equipamento cultural funcionará normalmente, das 12h às 20h. No domingo (31), véspera de natal, o museu estará fechado, excepcionalmente. O funcionamento retorna no dia 4 de janeiro, no horário normal. 

Na quinta-feira (28), das 16h às 17h, o museu realiza a edição do “Percursos Entrelaçados: (An)danças (Con)fluentes”. O objetivo da atividade é, em diálogo com os participantes, percorrer as exposições do museu e compreender as relações existentes entre as obras e o cotidiano. Com mediação de Liza Maria e Janaína Bento, o público é convidado a investigar os diferentes caminhos que os artistas apontam em suas produções. No percurso, serão debatidos temas que, embora sejam paradoxais, podem apontar trajetórias de transformação pessoal ou coletiva. Vida e morte, luz e obscuridade, bom e ruim são algumas das categorias presentes na formação.

A ação ocorre nas exposições “Se arar” e “Leonilson e Das Amizades” com classificação indicativa para pessoas a partir dos 12 anos. No sábado (30), será realizada mais uma edição do “Percursos Entrelaçados: (An)danças (Con)fluentes”, também das 16h às 17h. 

Pessoas observam obras do Leonilson em uma visita mediada.
Foto: Jorge Silvestre/ Pinacoteca do Ceará

SOBRE A PINACOTECA

Inaugurada em 3 de dezembro de 2022, a Pinacoteca do Ceará tem a missão de salvaguardar, preservar, pesquisar e difundir a coleção de arte do Governo do Estado, sendo espaço de ações formativas com artistas, comunidade escolar, famílias, movimentos sociais, organizações não-governamentais e demais profissionais do campo das artes e da cultura. Trata-se de um espaço de experimentação, pesquisa e reflexão para promover o diálogo entre arte e educação a partir de práticas artísticas. 

 

SERVIÇO

O que: Programação da Pinacoteca do Ceará – 28 a 30 de dezembro

> Quinta-feira, 28.12

16h às 17h

Percursos Entrelaçados: (An)danças (Con)fluentes

Mediação: Liza Maria e Janaína Bento

Onde: Exposições “Leonilson: Montanhas protetoras e ao longe, vulcões, rios, furacões, mares, abismos e Das amizades” e “Se arar”

Classificação indicativa: 12 anos

> Sábado, 30.12

16h às 17h

Percursos Entrelaçados: (An)danças (Con)fluentes

Mediação: Liza Maria e Janaína Bento

Onde: Exposições “Leonilson: Montanhas protetoras e ao longe, vulcões, rios, furacões, mares, abismos e Das amizades” e “Se arar”

Classificação indicativa: 12 anos

> Todas as atividades são gratuitas. 

> As exposições têm classificação livre para todos os públicos. Obras que possam ser consideradas não recomendadas para crianças ou adolescentes estarão indicadas na sinalização do espaço.

> A programação infantil requer sempre o acompanhamento de um adulto responsável por cada criança. 

> A Pinacoteca do Ceará dispõe dos seguintes recursos de acessibilidade: audiodescrição, abafadores de ruídos, videoguias em Libras, cadeira de rodas, intérpretes de Libras e peças táteis 

Exposições em cartaz:

Mostra “Bonito Pra Chover”: “Se Arar”, “No Lápis da Vida Não Tem Borracha” e “Amar se Aprende Amando” – até o primeiro trimestre de 2024. 

Exposição “Leonilson: Montanhas protetoras e ao longe, vulcões, rios, furacões, mares, abismos e Das amizades” – até 26 de maio de 2024. 

Visitas de quinta a sábado, das 12h às 20h, e domingos, de 10h às 18h.  

 

Texto de Alessandro Fernandes, sob supervisão e edição de Raphaelle Batista. 

OUTRAS NOTÍCIAS

Pular para o conteúdo