Procurar

HORÁRIOS: de quinta a sábado, de 12h às 20h e domingo, de 10h às 18h.

Notícias

Percursos Entrelaçados: mediações temáticas para aproximar público da arte

“Afetos e Ancestralidades” é uma visita mediada pelas subjetividades e estéticas do povo preto. Foto: Marília Camelo

Com o objetivo de aproximar o público da arte a partir de ações de educação, a Pinacoteca Educativa, setor responsável pelas mediações do público e as exposições, realiza o programa “Percursos Entrelaçados”. O programa oferece visitas mediadas quintas e sábados, às 17h, com públicos diversos, proporcionando acesso às práticas educativas no âmbito social, cognitivo e de acessibilidade. As visitas são conduzidas pela equipe educativa passando pelas três exposições que compõem a Mostra Bonito Pra Chover e a pela exposição Negros na Piscina.

O Percursos Entrelaçados oferece nesta quinta-feira, dia 29 de dezembro, a visita mediada “Autobiografias dissidentes”, quando se propõe uma aproximação imaginativa de obras que apresentam um contexto social, considerando o diálogo a partir das vivências pessoais de artistas por meio de obras da exposição Se Arar. A visita mediada convida à apreciação dos trabalhos artísticos nas suas diversas linguagens, em diálogo com questões autobiográficas, de gênero e de sexualidade, com um olhar voltado para a intimidade das/es/os artistas. Como a proposta da visita traz temas sensíveis, sugere-se a classificação indicativa para maiores de 18 anos, as demais são livres.

Acontece dia 30 de dezembro, sexta-feira, a visita mediada com o tema “Corporalidade e Movimento”. Como pensar o corpo com e nas obras de arte? Será possível mover e ser movido por e com imagens? O Percurso Entrelaçado Corporalidade e Movimento propõe uma visita entre obras da exposição Se Arar que apresentam não apenas corpos, mas imagens que também suscitam questões sobre o corpo, suas apresentações, representações e modos de visibilidade que possam produzir afetações, movimentação no corpo e reflexões naqueles que experienciam esse percurso. A visita acontece excepcionalmente na sexta-feira, por conta do recesso de ano novo no final de semana.

Para participar não precisa de inscrição antecipada, basta chegar até meia hora antes e se inscrever no hall de entrada da Pinacoteca do Ceará. Entrada gratuita.

“Raízes originárias: seivas vivas de corpos-Terra” tem o enfoque principalmente em produções que evidenciam os povos indígenas. Foto: Marília Camelo

Primeira semana de janeiro

O ano de 2003 começa no dia 5 de janeiro, com o tema “Afetos e Ancestralidades”, quando a Pinacoteca Educativa faz uma visita mediada pelas subjetividades e estéticas ancestrais a partir de um percurso sensível das exposições “Se Arar” e “Negros na Piscina”. Com foco na fruição e experiência estética, convidamos os visitantes a se relacionarem com obras que trazem em seus conceitos as vivências, afetividades e memórias de artistas, bem como símbolos e representações de suas relações consigo mesmos, a família e o mundo. Os trabalhos mediados tornam-se documentos de memória, lugares de cura a partir da relação com a imagem.

No sábado, dia 7 de janeiro, o tema será “Raízes originárias: seivas vivas de corpos-Terra”, quando a equipe educativa e visitantes trafegam pela exposição “Se Arar” e poderão tecer diálogos sobre trabalhos que apontam para a indivisibilidade entre corpo, natureza, cultura, território e arte, com enfoque principalmente em produções que evidenciam pautas relacionadas aos povos originários. A proposta é seguir o fluxo da visita mediada com o público pelas obras selecionadas, trabalhando a temática proposta numa experiência estética movimentada pelas raízes originárias, de um Brasil que é Terra Indígena.

A Pinacoteca do Ceará, além de ser um museu público que faz a salvaguarda das obras de arte do Estado do Ceará, tem como objetivo ser um espaço de experimentação, pesquisa e reflexão e, assim, promover o diálogo entre arte e educação a partir da dinâmica de práticas artísticas. Assim, se firma como um equipamento que, sob a gestão do Instituto Mirante de Cultura e Arte, se integra à Rede Pública de Espaços e Equipamentos Culturais da Secretaria de Cultura Estado do Ceará (Rece) unindo arte e educação.

SERVIÇO:
O que: Percursos Entrelaçados (visitas mediadas programadas)
Quando: 29 e 30 de dezembro e 5 e 7 de janeiro.
Hora: 17h às 18:30h

OUTRAS NOTÍCIAS

Educativo

Você se lembra da primeira vez que foi à praia?

A água consegue nos provocar diversas sensações, memórias afetivas, acolhimento, refrescância, sufoco e afeto. Temos uma ligação predeterminada com esse elemento, dentro da barriga estamos

Pular para o conteúdo