Procurar

HORÁRIOS: de quinta a sábado, de 12h às 20h e domingo, de 10h às 18h.

Notícias

Pinacoteca do Ceará participa da 17ª Primavera dos Museus com programação diversa

Em destaque, homenagem a Benício Pitaguary, com exibição de documentário e debate com Rosa Pitaguary, Baía Pitaguary e Iago Barreto

A Pinacoteca do Ceará – museu da Rede de Equipamentos e Espaços Culturais da Secretaria da Cultura do Ceará (SECULT CE), gerido em parceria pelo Instituto Mirante – integra a 17ª Primavera dos Museus, iniciativa do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) que envolve instituições culturais em todo o Brasil. Nesta edição, o tema “Memórias e Democracia: pessoas LGBT+, indígenas e quilombolas” inspira as atividades. O acesso é gratuito.

Na programação especial, a Pinacoteca realiza mais uma ação do ciclo de performances da exposição “Se arar”, com uma homenagem a Benício Pitaguary, artista e liderança indígena que se encantou em 2022. O evento será na sexta-feira (22), a partir das 18h, e contará com a exibição do documentário “Benício, memória encantada na pele do universo”, seguido de uma roda conversa com Rosa Pitaguary, Baía Pitaguary e Iago Barreto, sob mediação de Byya Kanindé. A atividade será encerrada com um Toré, realizado na Praça da Estação.

O filme foi produzido em memória a Benício Pitaguary pelo Coletivo Tamin, um grupo de artistas indígenas, em aldeias, em retomada, na mata e na cidade. O trabalho de Benício transita entre diferentes linguagens artísticas, como os grafismos indígenas, as pinturas corporais e a fotografia.

Além de acessibilidade em Libras, o debate e a exibição do documentário contarão com audiodescrição.

VISITAS MEDIADAS

O programa “Percursos Entrelaçados”, que realiza visitas mediadas temáticas pelas exposições em cartaz na Pinacoteca, terá duas sessões nesta semana. Na quinta (21), a edição “Criar, Colaborar”, das 16h às 17h, convida o público a refletir sobre obras que trazem em sua essência produtiva os modos de trabalho em conjunto, a partir do vídeo “Homens Trabalhando”, presente na exposição “Chico da Silva e a Escola do Pirambu”.

Fotos: Marília Camelo/ Pinacoteca do Ceará

Na sexta (22), de 16h às 18h, o “Percursos Entrelaçados + Ateliê – Artesanias de Si” propõe uma visita mediada que discute a relação entre as experiências dos artistas no mundo e o processo de criação em arte. Após a visita às exposições “Se Arar” e “Chico da Silva e a Escola do Pirambu”, cada participante poderá explorar suas artesanias numa atividade prática de ateliê, com mediação da equipe de arte educação.

PRIMAVERA PARA CRIANÇAS

Foto: Marília Camelo / Pinacoteca do Ceará

O domingo na Pinacoteca do Ceará é das crianças. Das 11h às 12h, “Bonitinho pra Chover na Floresta do Chico” propõe um caminho orientado pela curiosidade dos pequenos de 4 a 6 anos que farão um percurso inventado pela imaginação dentro da mostra “Bonito Pra Chover” e da exposição de Chico da Silva.

Um pouco mais tarde, das 15h às 16h, “Uma História no Museu – Seres de Chico” traz a contação de histórias como artifício de partilha de narrativas, onde o enredo é composto pela fabulação das crianças e pelas informações das obras e artistas em exposição.

 

Além das atividades abertas ao público, sem necessidade de inscrição prévia, a Pinacoteca do Ceará realiza desde esta terça-feira (19) o curso “Indígenas, quilombolas e pessoas Lgbtqiapn+: direito à história, direito à vida”, ministrado pelo historiador Leandro Bulhões. As inscrições ficaram abertas da última quinta-feira (14) até domingo (17).

SOBRE A PRIMAVERA DOS MUSEUS

A Primavera dos Museus ocorre anualmente durante o início da estação da primavera. Essa temporada cultural busca estimular a participação do público nas atividades promovidas pelos museus e criar espaços de reflexão e diálogo sobre temas relevantes da sociedade contemporânea. O tema “Memórias e Democracia: pessoas LGBT+, indígenas e quilombolas” oferece oportunidades para refletirmos sobre a construção da democracia de seus agentes.

É por reconhecer que a democracia se faz a muitas mãos, que associamos o debate sobre a retomada da construção da democracia com a participação de muitos dos seus agentes ainda hoje invisibilizados ou marginalizados.

As memórias da comunidade LGBT+ são fundamentais para compreender a luta por direitos civis, igualdade e respeito. As memórias dos povos indígenas são essenciais para preservar suas culturas, línguas e conhecimentos ancestrais. As memórias das comunidades quilombolas são um testemunho da resistência e resiliência ao longo do tempo. Portanto, a memória é um elemento vital para a construção da democracia e para a promoção da igualdade e da justiça social.

SOBRE A PINACOTECA

Inaugurada em dezembro de 2022, a Pinacoteca do Ceará tem a missão de salvaguardar, preservar, pesquisar e difundir a coleção de arte do Governo do Estado, sendo espaço de ações formativas com artistas, comunidade escolar, famílias, movimentos sociais, organizações não-governamentais e demais profissionais do campo das artes e da cultura. Trata-se de um espaço de experimentação, pesquisa e reflexão para promover o diálogo entre arte e educação a partir de práticas artísticas.

SERVIÇO

O que: 17ª Primavera Dos Museus na Pinacoteca do Ceará – 21 a 24 de setembro

> Quinta-feira, 21 de setembro
Percursos Entrelaçados: Criar, Colaborar
16h às 17h
Onde: Mostra Bonito Pra Chover | Chico da Silva e a Escola do Pirambu
Mediação de Andrea Dalveroni e Renata Damasceno
Classificação Indicativa: Livre

Sexta-feira – 22 de setembro
Percursos Entrelaçados + Ateliê – Artesanias de si
16h às 18h
Onde: Exposições Se Arar e Chico da Silva e a Escola do Pirambu | Ateliê
Mediação: Gi Monteiro, Janaína Bento e Wallison Azevedo
Classificação Indicativa: Livre

Homenagem a Benício Pitaguary
Exibição do filme “Benício, memória encantada na pele do universo”, do Coletivo Tamain + Roda de conversa com Iago Barreto, Rosa Pitaguary e Baía Pitaguary + Toré na Praça da Estação
18h às 19h30
Onde: Auditório da Pinacoteca do Ceará
Classificação Indicativa: Livre
Acessível em Libras e com audiodescrição

Domingo – 24 de setembro
Bonitinho pra Chover na Floresta do Chico
11h às 12h
Onde: Mostra Bonito Pra Chover | Chico da Silva e a Escola do Pirambu
Mediação: Érica Xita e Liza Maria
Classificação Indicativa: crianças de 4 a 6 anos
Acessível em Libras

Uma História no Museu – Seres de Chico
15h às 16h
Local: Exposição Chico da Silva e a Escola do Pirambu
Mediação: Bárbara Abril, Mateus Araujo e Amanda Oliveira
Classificação Indicativa: crianças de 4 a 6 anos
Acessível em Libras

> Todas as atividades são gratuitas.
> A programação infantil requer sempre o acompanhamento de um adulto responsável por cada criança.
> A Pinacoteca do Ceará dispõe dos seguintes recursos de acessibilidade: audiodescrição, abafadores de ruídos, videoguias em Libras, cadeira de rodas, intérpretes de Libras e peças táteis.

Exposições em cartaz:
“Chico da Silva e a Escola do Pirambu” – até 29 de outubro

Mostra “Bonito Pra Chover”: “Se Arar”, “No Lápis da Vida Não Tem Borracha” e “Amar se Aprende Amando” – até dezembro de 2023

Visitas de quinta a sábado, das 12h às 20h, e domingos, de 10h às 18h.

OUTRAS NOTÍCIAS

Pular para o conteúdo