Procurar

HORÁRIOS: de quinta a sábado, de 12h às 20h e domingo, de 10h às 18h.

Notícias

Pinacoteca do Ceará realiza seminário e programação especial durante a 22ª Semana Nacional de Museus

Programação conta com visitas mediadas com curadores, debates, atividades para o público infantil e oficinas

A Pinacoteca do Ceará participa da 22ª Semana de Museus com uma programação especial e diversificada para os visitantes. O museu, que integra a Rede de Equipamentos e Espaços Culturais da Secretaria da Cultura do Ceará (SECULT CE) e é gerido em parceria com o Instituto Mirante, oferece visitas mediadas com curadores, debates, oficinas e atividades para o público infantil de quinta (16) a domingo (19).

Com o tema “Museus, Educação e Pesquisa”, a proposta da 22° Semana de Museus deste ano é levantar reflexões sobre os objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas nas metas “Educação de Qualidade” e “Indústria, Inovação e Infraestruturas”. Anualmente, o tema é proposto pelo Conselho Internacional de Museus (ICOM) para as comemorações em torno do Dia Internacional dos Museus, que é celebrado no dia 18 de maio. No Brasil, o Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), vinculado ao Ministério da Cultura (Minc), mobiliza as instituições museais nacionais a programarem os eventos.

Na quinta-feira (16), a Pinacoteca do Ceará e o Museu Ferroviário se reúnem no auditório da Pinacoteca para o evento “Troca de experiências de pesquisa e educação entre os museus do Instituto Mirante”. A ação será realizada das 14h às 17h e é gratuita. Os equipamentos da Secult sob gestão do Mirante são representados por Iara Barbosa (Pinacoteca do Ceará), Jéssica Sousa (Museu Ferroviário), Monalisa Freitas (Sobrado Dr. José Lourenço), Maria Eliene (Museu da Imagem e do Som – MIS) e Lúcio Silva (Centro Cultural do Cariri). A atividade tem classificação indicativa livre e interpretação em Libras.

Também na quinta-feira (16), às 16h, a equipe de Arte Educação realiza o “Percursos Entrelaçados: Vulcões de Água e Sal”. A proposta é de uma visita sensorial, utilizando os recursos de audiodescrição e os materiais táteis presentes na exposição “Leonilson: Montanhas protetoras e ao longe, vulcões, rios, furacões, mares, abismos e Das amizades”. As obras acessíveis criam um trajeto que passa pelos elementos da natureza apresentados pelo artista em seus trabalhos. A classificação indicativa da atividade é livre, com mediação de Andrea Dalveroni e interpretação em Libras.

LEONILSON: SEMINÁRIO E VISITA COM CURADORES

Leonilson, Da qualidade de ser forte, 1991, coleção particular. Foto – Marília Camelo/ Pinacoteca do Ceará

Na sexta-feira (17), a Pinacoteca do Ceará realiza o Seminário “Leonilson: Da qualidade de ser forte”, a partir das 14h. A programação reúne pesquisadores, curadores e especialistas na obra do artista cearense que está em exposição no museu desde dezembro de 2023. Com o tema “Se você sonha com nuvens – a produção de Leonilson”, a primeira mesa de debate traz Lisette Lagnado, Efrain Almeida, Ricardo Resende e mediação de Aline Albuquerque. Já a segunda mesa, com o título “A Aids e as transformações estéticas na arte contemporânea”, reúne Peaug e Leopold Nosek, com mediação de Adriano de Lavor. Confira mais informações sobre o Seminário Leonilson AQUI.

Os curadores da exposição “Leonilson e Das Amizades”, Aline Albuquerque e Ricardo Resende.

No sábado (18), os visitantes têm a oportunidade ainda de acompanhar uma visita mediada com os curadores da exposição “Leonilson e Das amizades”, Aline Albuquerque e Ricardo Resende. O percurso será realizado das 15h às 16h, com classificação indicativa livre e conta com acessibilidade em Libras. No percurso, os curadores dedicam um olhar especial para o núcleo Das Amizades, que reúne obras de Batista Sena, Efímia Meimaridou, Luiz Hermano, Siegbert Franklin, Zé Tarcísio, Marcus Francisco, Karim Aïnouz e Ricardo Bezerra.

VISITAS MEDIADAS E OFICINAS

Oportunidade para conhecer todas as exposições em cartaz, a edição das Visitas Mediadas livres acontece nesta sexta-feira (17), das 15h às 16h, conduzida pela equipe educativa. São apresentadas aos visitantes as principais obras da “Mostra Bonito pra Chover” e da exposição “Leonilson e Das amizades”. Com classificação indicativa livre, a atividade conta com interpretação em Libras. Para participar, basta comparecer à recepção 15 minutos antes do horário marcado e se inscrever. Podem participar até 20 pessoas por grupo.

No sábado (18), das 14h às 16h, o museu realiza a segunda edição das “Oficinas de Ateliê: Autorretrato bordado”, com Simone Barreto, artista e coordenadora de Arte-Educação da Pinacoteca. A partir de desenhos de memória, desenhos de observação e pontos de bordado livre, o objetivo é produzir um autorretrato bordado em tecido. Na atividade, voltada para pessoas a partir de 15 anos, haverá disponibilização de materiais para que os participantes produzam suas criações. Durante o encontro, serão apresentados autorretratos de Leonilson e Antonio Bandeira presentes nas exposições. Os participantes poderão também trabalhar seus autorretratos a partir de fotografias.

Também no sábado (18), a Pinacoteca traz a “Conversa de Ateliê: Saberes em Festa: do trato à movência”, que celebra as ações educativas realizadas no museu. A partilha do processo de criação, pesquisa e mediação é o foco da conversa, permeada pela troca de saberes das pesquisas realizadas e da prática educativa. A atividade ocorre das 16h às 17h no Ateliê 1 da Pinacoteca do Ceará, com classificação livre e interpretação em Libras.

 

Fechando a programação, o Ateliê Criança Cria traz a atividade “Colorindo Vulcões” no domingo (19), com o objetivo de experimentar a pintura a partir das obras do Leonilson, além de propor uma conversa sobre sentimentos e emoções. A atividade é recomendada para crianças a partir de 3 anos e ocorre em dois horários, das 10h às 11h e das 15h às 16h, com mediação de Wallison Azevedo.

SERVIÇO

O que: Programação da Pinacoteca do Ceará – 16 a 19 de maio

> Quinta-feira, 16.5
14h às 17h
“Troca de experiências de pesquisa e educação entre museus geridos pelo Instituto Mirante”, com Iara Barbosa (Pinacoteca), Jéssica Sousa (Museu Ferroviário), Lúcio Silva (Centro Cultural do Cariri), Monalisa Freitas (Sobrado José Lourenço) e Maria Eliene (MIS)
Onde: Auditório da Pinacoteca do Ceará
Classificação indicativa: Livre
Acessível em Libras

> Quinta-feira, 16.5
16h às 17h
Percursos Entrelaçados: Vulcões de água e sal
Mediação: Andrea Dalveroni
Onde: Exposição “Leonilson e Das Amizades”
Classificação indicativa: Livre
Acessível em Libras

> Sexta-feira, 17.5
14h
Seminário Leonilson: Da qualidade de ser forte 
Onde: Auditório da Pinacoteca do Ceará
Classificação indicativa: Livre
Acessível em Libras

> Sexta-feira, 17.5
15h às 16h
Visitas mediadas
Onde: Mostra Bonito pra Chover e exposição “Leonilson: Montanhas protetoras e ao longe, vulcões, rios, furacões, mares, abismos e Das amizades”
Classificação indicativa: Livre
Acessível em Libras

> Sábado, 18.5
14h às 16h
Oficinas de Ateliê – Autorretrato bordado
Mediação: Simone Barreto
Onde: Ateliê 3 da Pinacoteca do Ceará
Classificação indicativa: Livre
15 vagas | Inscrições por ordem de chegada
Acessível em Libras

> Sábado, 18.5
15h às 16h
Visita mediada com Aline Albuquerque e Ricardo Resende na exposição “Leonilson e Das amizades”
Onde: Exposição “Leonilson: Montanhas protetoras e ao longe, vulcões, rios, furacões, mares, abismos e Das amizades”
Classificação indicativa: Livre
Acessível em Libras

> Sábado, 18.5
16h às 17h
Conversa de Ateliê – “Saberes em festa: do trato à movência”
Com equipe de Arte Educação da Pinacoteca
Onde: Ateliê 1 da Pinacoteca do Ceará
Classificação indicativa: Livre
Acessível em Libras

> Domingo, 19.5
10h às 11h | 15h às 16h
Ateliê Criança Cria: Colorindo Vulcões
Mediação: Wallison Azevedo
Onde: Exposição “Leonilson: Montanhas protetoras e ao longe, vulcões, rios, furacões, mares, abismos e Das amizades” e Ateliê 1
Classificação indicativa: para crianças a partir de 3 anos
Acessível em Libras

> Todas as atividades são gratuitas.
> As obras em exposição têm diferentes classificações indicativas. Atente para a sinalização daquelas não recomendadas para crianças ou adolescentes.
> A programação infantil requer sempre o acompanhamento de um adulto responsável por cada criança.
> A Pinacoteca do Ceará dispõe dos seguintes recursos de acessibilidade: audiodescrição, abafadores de ruídos, videoguias em Libras, cadeira de rodas, intérpretes de Libras e peças táteis

Em cartaz:

Mostra “Bonito Pra Chover”:
“No Lápis da Vida Não Tem Borracha” – até 1º de setembro de 2024
“Amar se Aprende Amando” – até 1º de setembro de 2024

Exposição “Leonilson: Montanhas protetoras e ao longe, vulcões, rios, furacões, mares, abismos e Das amizades” – até 26 de maio de 2024.

Mostra Acervo Pinacoteca do Ceará

Visitas de quinta a sábado, das 12h às 20h, e domingos, de 10h às 18h.

 

Texto de Alessandro Fernandes, sob supervisão de Raphaelle Batista.
Contato: [email protected]

OUTRAS NOTÍCIAS

Pular para o conteúdo