Procurar

HORÁRIOS: de quinta a sábado, de 12h às 20h e domingo, de 10h às 18h.

Notícias

Pinacoteca do Ceará tem visitas mediadas e nova atividade para crianças

Foto: Marília Camelo/ Pinacoteca do Ceará

O equipamento cultural também conta com a abertura do curso “Mundana: como a antipoema entra no Museu?”, além da programação infantil, com a atividade “Antonio Bandeira para crianças: abstrações”. 

Atividades formativas e visitas mediadas são destaque na programação da Pinacoteca do Ceará – museu que integra a Rede de Equipamentos e Espaços Culturais da Secretaria da Cultura do Ceará (SECULT CE) e é gerido em parceria com o Instituto Mirante. Na agenda semanal, o equipamento também promove pela primeira vez a atividade infantil “Antonio Bandeira para crianças: abstrações” (12). 

A semana também conta a abertura do curso Mundana: como a antipoema entra no Museu?” (11), com o poeta, professor, curador e pesquisador Rômulo Silva. Todas as atividades integram o Festival AfroCearensidades – celebração ao mês da Consciência Negra -, realizado pela Secretaria da Igualdade Racial (Seir) em parceria com a Secult. 

Na quinta-feira (9) o “Percursos Entrelaçados + Ateliê –  Artesanias de Si” busca debater de onde partem as inspirações dos artistas para a construção de suas obras. A atividade ocorre das 16h às 18h e inclui uma visita mediada, que possibilita o diálogo sobre como a criação artística se relaciona com as experiências dos artistas na sociedade. Além disso, cada participante poderá experienciar suas “artesanias”. A atividade ocorre na Exposição “Se Arar” e Ateliê 1 com classificação indicativa livre. A mediação será feita por Gi Monteiro, Janaína Bento e Wallison Azevedo. 

Já o “Percursos Entrelaçados: Sussurros de um futuro presente – Ato II” ocorre no sábado (11), das 16h às 17h. A atividade busca construir a imaginação de outros futuros que não perpassem narrativas coloniais de construção do mundo. Em diálogo direto com a noção de “ficção visionária” – conceito elaborado pela escritora estadunidense Walidah Imarisha -, o objetivo é tensionar a capacidade imaginativa dos visitantes. Além disso, o encontro também incentiva o diálogo com o presente, partindo de estímulos que visem a expansão de futuros possíveis. A atividade tem classificação indicativa para pessoas com 18 anos ou mais, conta com acessibilidade em Libras e será mediada por Gi Monteiro e Janaína Bento. 

Também no sábado, de 16h às 19h, a Pinacoteca promove a abertura do curso “Mundana: como a antipoema entra no Museu?”. A formação vai debater a poesia mundana que transita pelas conexões entre a proximidade e o acaso, refletindo como a “antipoema prete” ocupa os museus. São 25 participantes contemplados, selecionados por meio de inscrição prévia. O resultado da seleção, que esteve aberta até o dia 6 (segunda), será divulgado na quinta-feira (9).

No domingo (12), a  meninada é convidada para a ação “Antonio Bandeira para Crianças: abstrações”. A atividade ocorre dentro das ações do Ateliê Criança Cria e tem duas edições, uma das 10h às 11h e outra das 15h às 16h. A proposta é explorar, por meio da monotipia – técnica de impressão simples, que consiste na reprodução de um desenho ou mancha de cor -, criações abstratas. No mês de novembro, a programação do Ateliê Criança Cria busca inspiração nas obras da exposição “Amar se aprende amando”, que celebra o centenário do artista Antonio Bandeira. A visita é indicada para crianças a partir dos 3 anos de idade e será mediada por Renata Damasceno e Beatriz Gurgel.

SOBRE O FESTIVAL AFROCEARENSIDADES

O Governo do Ceará lança o “Festival AfroCearensidades – Reconhecimento e Preservação da História e Cultura Negra do Ceará” em celebração ao mês da Consciência Negra, por meio da Secretaria da Igualdade Racial (Seir) em parceria com a Secretaria da Cultura (Secult). O Festival traz ampla programação distribuída entre equipamentos culturais do Estado, com mais de 100 atividades voltadas à fruição, difusão, formação, cidadania e defesa de direitos, com foco na representatividade negra cearense.

SOBRE A PINACOTECA

Inaugurada em dezembro de 2022, a Pinacoteca do Ceará tem a missão de salvaguardar, preservar, pesquisar e difundir a coleção de arte do Governo do Estado, sendo espaço de ações formativas com artistas, comunidade escolar, famílias, movimentos sociais, organizações não-governamentais e demais profissionais do campo das artes e da cultura. Trata-se de um espaço de experimentação, pesquisa e reflexão para promover o diálogo entre arte e educação a partir de práticas artísticas. 

SERVIÇO

O que: Programação da Pinacoteca do Ceará – 9 a 12 de novembro

> Quinta, 9.11 

16h às 18h

Percursos Entrelaçados + Ateliê –  Artesanias de Si

Mediação: Gi Monteiro, Janaína Bento e Wallison Azevedo

Onde: Exposição “Se Arar” e Ateliê 1

Classificação indicativa: Livre

> Sábado, 11.11

16h às 17h 

Percursos Entrelaçados: Sussurros de um futuro presente – Ato II

Mediação: Gi Monteiro e Janaína Bento

Onde: Exposição “Se Arar”

Classificação indicativa: 18 anos

Acessível em Libras

> Domingo, 12.11

Manhã 10h às 11h | Tarde 15h às 16h

Antonio Bandeira para Crianças: abstrações

Mediação: Renata Damasceno e Beatriz Gurgel.

Onde: Ateliê 1

Classificação indicativa: a partir dos 3 anos

> Todas as atividades são gratuitas. 

> A programação infantil requer sempre o acompanhamento de um adulto responsável por cada criança. 

> A Pinacoteca do Ceará dispõe dos seguintes recursos de acessibilidade: audiodescrição, abafadores de ruídos, videoguias em Libras, cadeira de rodas, intérpretes de Libras e peças táteis 

Exposições em cartaz:

Mostra “Bonito Pra Chover”: “Se Arar”, “No Lápis da Vida Não Tem Borracha” e “Amar se Aprende Amando” – até dezembro de 2023

Visitas de quinta a sábado, das 12h às 20h, e domingos, de 10h às 18h.  

OUTRAS NOTÍCIAS

Pular para o conteúdo